Notícias

FORMAÇÃO

CNTE promove Encontro Nacional da Juventude em Brasília

20

2 Sep 2014

Jovens educadores estiveram reunidos em Brasília de 22 a 24 de agosto no encontro promovido pela CNTE. O evento foi motivado pela necessidade de ampliar o diálogo com a classe trabalhadora que recentemente ingressou no mundo do trabalho. Aproximadamente 50 pessoas de todos os estados brasileiros participaram, o Rio Grande do Norte foi representado por três jovens da base.

Para a diretora de Formação Sindical e Educacional do SINTE/RN, Eliane Bandeira e Silva, é fundamental que os sindicatos priorizem esse debate, visto que atualmente aproximadamente 50% dos filiados da CNTE são aposentados e boa parte está próxima de se aposentar.

“Nos espaços propostos pelo encontro, foi discutido estratégias para aproximar os jovens trabalhadores das suas representações sindicais. Dentro disso destacou-se a necessidade de reformularmos nossos meios de comunicação, agitação e mobilização, a importância de dialogar com os demais movimentos de juventude e investir em formação política”, destacou.

O encontro também serviu para consolidar o caráter nacional do Coletivo de Juventude que a CNTE já possuí e fomentar a criação de instâncias de organização nos estados, municípios e sindicatos. Além disso, deliberou-se a respeito da realização de uma pesquisa para diagnosticar o perfil dos jovens educadores e as suas áreas de interesse.

Contudo, ressalta Eliane, “nossa tarefa que urge, visando dar respostas as demandas da juventude expressadas nas ruas em junho de 2013, será a de garantir o Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva que ocorrerá de 1º a 7 de setembro. Nossa organização deverá se expressar nos nossos sindicatos e nas escolas” declarou Eliane Bandeira.

Para a sindicalista, esse primeiro evento nacional de juventude da CNTE cumpriu o papel de lançar o desafio para que os sindicatos da categoria se atentem para a urgência de renovação. E mais do que isso, reconheçam que atrair mais jovens para essa luta perpassa pelo dever de resignificar o papel dos educadores na nossa sociedade, valorizar a profissão e reforçar o seu viés transformador.

FORMAÇÃO

CNTE promove Encontro Nacional da Juventude em Brasília

20

2 Sep 2014

Jovens educadores estiveram reunidos em Brasília de 22 a 24 de agosto no encontro promovido pela CNTE. O evento foi motivado pela necessidade de ampliar o diálogo com a classe trabalhadora que recentemente ingressou no mundo do trabalho. Aproximadamente 50 pessoas de todos os estados brasileiros participaram, o Rio Grande do Norte foi representado por três jovens da base.

Para a diretora de Formação Sindical e Educacional do SINTE/RN, Eliane Bandeira e Silva, é fundamental que os sindicatos priorizem esse debate, visto que atualmente aproximadamente 50% dos filiados da CNTE são aposentados e boa parte está próxima de se aposentar.

“Nos espaços propostos pelo encontro, foi discutido estratégias para aproximar os jovens trabalhadores das suas representações sindicais. Dentro disso destacou-se a necessidade de reformularmos nossos meios de comunicação, agitação e mobilização, a importância de dialogar com os demais movimentos de juventude e investir em formação política”, destacou.

O encontro também serviu para consolidar o caráter nacional do Coletivo de Juventude que a CNTE já possuí e fomentar a criação de instâncias de organização nos estados, municípios e sindicatos. Além disso, deliberou-se a respeito da realização de uma pesquisa para diagnosticar o perfil dos jovens educadores e as suas áreas de interesse.

Contudo, ressalta Eliane, “nossa tarefa que urge, visando dar respostas as demandas da juventude expressadas nas ruas em junho de 2013, será a de garantir o Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva que ocorrerá de 1º a 7 de setembro. Nossa organização deverá se expressar nos nossos sindicatos e nas escolas” declarou Eliane Bandeira.

Para a sindicalista, esse primeiro evento nacional de juventude da CNTE cumpriu o papel de lançar o desafio para que os sindicatos da categoria se atentem para a urgência de renovação. E mais do que isso, reconheçam que atrair mais jovens para essa luta perpassa pelo dever de resignificar o papel dos educadores na nossa sociedade, valorizar a profissão e reforçar o seu viés transformador.

Agenda

Newsletter