Notícias

NATAL

Assembleia rechaça proposta e greve dos educadores de Natal continua

581

9 Apr 2018

Créditos: Lenilton Lima

Os educadores de Natal rechaçaram a proposta do Prefeito, considerada inaceitável, para pagar o Piso Salarial 2018, e decidiram continuar em greve. A deliberação aconteceu em assembleia na manhã desta segunda-feira (09), na ASSEN.

A categoria disse não a proposição de Carlos Eduardo feita na semana passada, que sugere pagar o Piso, no índice de 6,81%, apenas em junho, sem pagar o retroativo relativo a janeiro, fevereiro, março, abril e maio deste ano.

EDUCADORES PROMOVEM ATO NA SME E SINTE CONVERSA COM SECRETÁRIA

Após a assembleia, os educadores da capital se dirigiram, em dois ônibus fretados pelo SINTE/RN, para a Secretaria Municipal de Educação. Lá, promoveram um ato, com apitaço, em frente ao prédio. A pressão rendeu uma audiência com a secretária de educação Justina Iva. Os manifestantes seguiram do lado de fora da SME e até mesmo a imprensa do Sindicato foi impedida de entrar para cobrir a audiência.

Na audiência, a direção do SINTE/RN disse que os profissionais da educação de Natal disseram não a proposta, que é inaceitável e que desobedece a Lei do Piso, feita pelo prefeito na semana passada.

SECRETÁRIA MANTEVE PROPOSTA; SINTE FEZ CONTRAPROPOSTA

A Secretária manteve a proposta apresentada pelo Prefeito, que já está renunciando ao cargo para se candidatar ao governo do RN. O Sindicato reafirmou que a categoria não aceitou a proposta do Prefeito e fez uma contraproposta. O SINTE sugeriu que o município pague o Piso agora em abril e parcele o retroativo. Tal contraproposta, segundo a Secretária, será analisada nos próximos dias.

A Secretária disse que, sem firmar data, vai agendar uma audiência com o prefeito de Natal que será empossado, Alvaro Dias, para tratar da pauta de reivindicações dos educadores.

OUTROS PONTOS DA AUDIÊNCIA 

> Atualização da carreira

Quanto a atualização da carreira, o SINTE/RN solicitou da Secretária a informação de quando e como vai ser paga. Em resposta Justina informou que vai pagar promoções, níveis e mudança de padrão. O Sindicato reafirmou que quer o cronograma de pagamento.

> Emendas aos planos de carreira

A Secretária informou que poderá enviar logo à Câmara Municipal. Também disse que o SINTE pode ver o conteúdo.

> Condições de trabalho

Com relação as condições de trabalho, Justina Iva anunciou que em 30 dias começará a instalar 2.000 ventiladores nas escolas de Natal. 

> Aposentados

Sobre os aposentados, a Secretária garantiu que eles estão contemplados na correção salarial do Piso 2018. Disse também que o retroativo de janeiro e fevereiro do Piso 2017 “será resolvido”.

“A greve continua e só retornaremos as aulas com o pagamento garantido do retroativo do Piso 2018 e a discriminação e atualização da carreira, em documento”, afirmou a coordenadora geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso.

Os educadores de Natal estão em greve desde 21 de março. O movimento grevista já tem, neste momento, 95% de adesão.

CONFIRA A AGENDA DE GREVE DO SINTE/RN

Dia 10/04 – Ato na Zona Oeste de Natal. Concentração às 7h, na E.M. Bernardo Nascimento, em Felipe Camarão

Dia 10/04 – Ato na Zona Norte de Natal. Concentração no Parque das Dunas, às 14h, na Escola Municipal Profª Maria Alexandrina.

Dia 11/04 – Audiência de Conciliação entre o Governo e o SINTE/RN, no Tribunal de Justiça do RN, às 15h.

Dia 11/04 – Panfletagem às 15h, na Prefeitura e no sinal das avenidas Rio Branco e Ulisses Caldas.

Dia 11/04 – Assembleia de deflagração do processo eleitoral do  SINTE, às 9h,  na ASSEN.

Dia 12/04 – Realização da Conferência Popular Estadual de Educação, no Auditório da UFRN, a partir das 8h

Dia 13/04 –  Assembleia da Rede Estadual, às 8h30, no Winston Churchill. Em pauta o resultado da audiência de conciliação com o desembargador entre o SINTE/RN E A SEEC.

Dia 13/04 – Reunião com os terceirizados e estagiários do município de Natal, às 14h, no SINTE. Em seguida acontecerá uma reunião geral do comando de greve da educação.

Dia 18/04 – Marcha em Defesa da Educação, concentração às 14h, local a definir. Obs. Devemos mobilizar estudantes e pais. O SINTE colocará transporte para estes segmentos.

NATAL

Assembleia rechaça proposta e greve dos educadores de Natal continua

581

9 Apr 2018

Créditos: Lenilton Lima

Os educadores de Natal rechaçaram a proposta do Prefeito, considerada inaceitável, para pagar o Piso Salarial 2018, e decidiram continuar em greve. A deliberação aconteceu em assembleia na manhã desta segunda-feira (09), na ASSEN.

A categoria disse não a proposição de Carlos Eduardo feita na semana passada, que sugere pagar o Piso, no índice de 6,81%, apenas em junho, sem pagar o retroativo relativo a janeiro, fevereiro, março, abril e maio deste ano.

EDUCADORES PROMOVEM ATO NA SME E SINTE CONVERSA COM SECRETÁRIA

Após a assembleia, os educadores da capital se dirigiram, em dois ônibus fretados pelo SINTE/RN, para a Secretaria Municipal de Educação. Lá, promoveram um ato, com apitaço, em frente ao prédio. A pressão rendeu uma audiência com a secretária de educação Justina Iva. Os manifestantes seguiram do lado de fora da SME e até mesmo a imprensa do Sindicato foi impedida de entrar para cobrir a audiência.

Na audiência, a direção do SINTE/RN disse que os profissionais da educação de Natal disseram não a proposta, que é inaceitável e que desobedece a Lei do Piso, feita pelo prefeito na semana passada.

SECRETÁRIA MANTEVE PROPOSTA; SINTE FEZ CONTRAPROPOSTA

A Secretária manteve a proposta apresentada pelo Prefeito, que já está renunciando ao cargo para se candidatar ao governo do RN. O Sindicato reafirmou que a categoria não aceitou a proposta do Prefeito e fez uma contraproposta. O SINTE sugeriu que o município pague o Piso agora em abril e parcele o retroativo. Tal contraproposta, segundo a Secretária, será analisada nos próximos dias.

A Secretária disse que, sem firmar data, vai agendar uma audiência com o prefeito de Natal que será empossado, Alvaro Dias, para tratar da pauta de reivindicações dos educadores.

OUTROS PONTOS DA AUDIÊNCIA 

> Atualização da carreira

Quanto a atualização da carreira, o SINTE/RN solicitou da Secretária a informação de quando e como vai ser paga. Em resposta Justina informou que vai pagar promoções, níveis e mudança de padrão. O Sindicato reafirmou que quer o cronograma de pagamento.

> Emendas aos planos de carreira

A Secretária informou que poderá enviar logo à Câmara Municipal. Também disse que o SINTE pode ver o conteúdo.

> Condições de trabalho

Com relação as condições de trabalho, Justina Iva anunciou que em 30 dias começará a instalar 2.000 ventiladores nas escolas de Natal. 

> Aposentados

Sobre os aposentados, a Secretária garantiu que eles estão contemplados na correção salarial do Piso 2018. Disse também que o retroativo de janeiro e fevereiro do Piso 2017 “será resolvido”.

“A greve continua e só retornaremos as aulas com o pagamento garantido do retroativo do Piso 2018 e a discriminação e atualização da carreira, em documento”, afirmou a coordenadora geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso.

Os educadores de Natal estão em greve desde 21 de março. O movimento grevista já tem, neste momento, 95% de adesão.

CONFIRA A AGENDA DE GREVE DO SINTE/RN

Dia 10/04 – Ato na Zona Oeste de Natal. Concentração às 7h, na E.M. Bernardo Nascimento, em Felipe Camarão

Dia 10/04 – Ato na Zona Norte de Natal. Concentração no Parque das Dunas, às 14h, na Escola Municipal Profª Maria Alexandrina.

Dia 11/04 – Audiência de Conciliação entre o Governo e o SINTE/RN, no Tribunal de Justiça do RN, às 15h.

Dia 11/04 – Panfletagem às 15h, na Prefeitura e no sinal das avenidas Rio Branco e Ulisses Caldas.

Dia 11/04 – Assembleia de deflagração do processo eleitoral do  SINTE, às 9h,  na ASSEN.

Dia 12/04 – Realização da Conferência Popular Estadual de Educação, no Auditório da UFRN, a partir das 8h

Dia 13/04 –  Assembleia da Rede Estadual, às 8h30, no Winston Churchill. Em pauta o resultado da audiência de conciliação com o desembargador entre o SINTE/RN E A SEEC.

Dia 13/04 – Reunião com os terceirizados e estagiários do município de Natal, às 14h, no SINTE. Em seguida acontecerá uma reunião geral do comando de greve da educação.

Dia 18/04 – Marcha em Defesa da Educação, concentração às 14h, local a definir. Obs. Devemos mobilizar estudantes e pais. O SINTE colocará transporte para estes segmentos.

Agenda

Newsletter