Notícias

NATAL

Audiência com prefeito de Natal e secretária termina sem resultados positivos

731

24 Aug 2017

Créditos: Assessoria

Após dois meses de espera, finalmente nesta quarta-feira (23) o SINTE/RN conseguiu se reunir com o prefeito de Natal Carlos Eduardo e a secretária de educação Justina Iva. O procurador do município também estava presente. Na ocasião, o Sindicato apresentou a extensa pauta dos educadores da capital. Veja abaixo o resumo da audiência:

Promoções verticais

O município alegou que o TAG (Termo de Ajustamento de Gestão) assinado recentemente, e que prevê o corte de 20% de gastos com pessoal, o impede de atender a este ponto. O SINTE/RN argumentou, mas a negociação não avançou.

Emendas às carreiras dos educadores

O município alegou o TAG

Jornada de trabalho

O município alegou o TAG

Ronda escolar

O SINTE foi informado que o contrato foi renovado e a ronda vai voltar a funcionar.

Estagiários da educação infantil e ensino fundamental

O Sindicato falou da falta de estagiários e o prejuízo que isso causa a educação. Em resposta a SME disse que no momento não tem estagiários para enviar as unidades de ensino. Quanto aos atrasos de pagamento, que chegam há dois meses, o SINTE exigiu a regularização. Porém, a secretária respondeu que o atraso é semelhante aos educadores ativos e aposentados, “de apenas alguns dias.

Repressão aos profissionais que participam das atividades de luta

O SINTE externou que tem recebido denúncias de que alguns diretores e a própria SME têm pressionado os educadores a não participarem das atividades de luta convocadas pelo Sindicato. A secretária Justina Iva disse que essa pressão inexiste, porém, não abre mão de que o professor pague o dia que se ausentar para participar de qualquer atividade.

Atraso de pagamento e retroativo do piso salarial dos aposentados e pensionistas

O Sindicato exigiu, mais uma vez, a normalização do pagamento dos aposentados e pensionistas. Contudo, não há qualquer perspectiva de regularização. Quanto ao retroativo do Piso, foi prometido que será pago agora em agosto, embora o mês esteja chegando ao fim.

13º dos aposentados

A prefeitura não tem respostas para apresentar ao SINTE/RN.

Resultado:

De acordo com o TAG a prefeitura tem que apresentar em dezembro deste ano e agosto de 2018 resultados quanto ao corte de gastos. O prefeito acordou que em novembro deste ano vai receber o SINTE/RN, uma vez que terá uma previsão do orçamento da prefeitura e poderá dizer se terá ou não como atender aos pontos apresentados pelo Sindicato. O SINTE tentou deixar a audiência já agendada, uma vez que passou 2 meses tentando falar com prefeito e secretária. Contudo, se negaram a agendar, acordando que receberão o Sindicato em novembro.

NATAL

Audiência com prefeito de Natal e secretária termina sem resultados positivos

731

24 Aug 2017

Créditos: Assessoria

Após dois meses de espera, finalmente nesta quarta-feira (23) o SINTE/RN conseguiu se reunir com o prefeito de Natal Carlos Eduardo e a secretária de educação Justina Iva. O procurador do município também estava presente. Na ocasião, o Sindicato apresentou a extensa pauta dos educadores da capital. Veja abaixo o resumo da audiência:

Promoções verticais

O município alegou que o TAG (Termo de Ajustamento de Gestão) assinado recentemente, e que prevê o corte de 20% de gastos com pessoal, o impede de atender a este ponto. O SINTE/RN argumentou, mas a negociação não avançou.

Emendas às carreiras dos educadores

O município alegou o TAG

Jornada de trabalho

O município alegou o TAG

Ronda escolar

O SINTE foi informado que o contrato foi renovado e a ronda vai voltar a funcionar.

Estagiários da educação infantil e ensino fundamental

O Sindicato falou da falta de estagiários e o prejuízo que isso causa a educação. Em resposta a SME disse que no momento não tem estagiários para enviar as unidades de ensino. Quanto aos atrasos de pagamento, que chegam há dois meses, o SINTE exigiu a regularização. Porém, a secretária respondeu que o atraso é semelhante aos educadores ativos e aposentados, “de apenas alguns dias.

Repressão aos profissionais que participam das atividades de luta

O SINTE externou que tem recebido denúncias de que alguns diretores e a própria SME têm pressionado os educadores a não participarem das atividades de luta convocadas pelo Sindicato. A secretária Justina Iva disse que essa pressão inexiste, porém, não abre mão de que o professor pague o dia que se ausentar para participar de qualquer atividade.

Atraso de pagamento e retroativo do piso salarial dos aposentados e pensionistas

O Sindicato exigiu, mais uma vez, a normalização do pagamento dos aposentados e pensionistas. Contudo, não há qualquer perspectiva de regularização. Quanto ao retroativo do Piso, foi prometido que será pago agora em agosto, embora o mês esteja chegando ao fim.

13º dos aposentados

A prefeitura não tem respostas para apresentar ao SINTE/RN.

Resultado:

De acordo com o TAG a prefeitura tem que apresentar em dezembro deste ano e agosto de 2018 resultados quanto ao corte de gastos. O prefeito acordou que em novembro deste ano vai receber o SINTE/RN, uma vez que terá uma previsão do orçamento da prefeitura e poderá dizer se terá ou não como atender aos pontos apresentados pelo Sindicato. O SINTE tentou deixar a audiência já agendada, uma vez que passou 2 meses tentando falar com prefeito e secretária. Contudo, se negaram a agendar, acordando que receberão o Sindicato em novembro.

Agenda

Newsletter