Notícias

NATAL

Educadores de Natal se reúnem em mais uma assembleia de greve

91

3 May 2018

Os educadores de Natal, em greve desde 21 de março, vão se reunir em mais uma assembleia para avaliar o movimento grevista da categoria. A assembleia acontecerá nesta sexta-feira, 04 de maio, a partir das 8h30, na ASSEN.

Os profissionais da educação de Natal estão em greve há mais de um mês exigindo a correção de 6,81% do Piso Salarial 2018, melhores condições de trabalho, reformas nas escolas e CMEIs, pagamento de direitos negados, pagamento do retroativo do Piso 2017 para os aposentados, entre outras demandas. A pauta de reivindicações tem 37 pontos.

EDUCADORES DE NATAL REJEITARAM O PARCELAMENTO PARA 2019 DO RETROATIVO DO PISO 2018; PROPOSTA É CONSIDERADA INACEITÁVEL

Os educadores de Natal já rejeitaram a proposta do Prefeito Alvaro Dias de parcelar em 12 vezes, em 2019, o retroativo do Piso 2018. A proposta do Executivo municipal, apresentada em audiência com o SINTE no dia 27 de abril, ainda sugere pagar a correção de 6,81% do Piso em junho deste ano. A proposta é considerada pela categoria como “inaceitável”.

Na semana passada o SINTE fez uma proposta ao Prefeito, por meio de ofício, acerca do pagamento do Piso. No documento, o Sindicato pediu que a correção fosse paga de forma integral no mês maio, para ativos e aposentados. O retroativo relativo aos meses de janeiro a abril, segundo a defesa do Sindicato, deveria ser implementado em junho, julho, agosto e setembro.

AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO ENTRE O SINTE/RN E O MUNICÍPIO NÃO TROUXE RESULTADOS

A audiência entre o SINTE/RN e o município de Natal, que aconteceu na última segunda (30), não trouxe avanço para as negociações. Isso porque a Secretária de Educação Justina Iva, representando o município, não apresentou uma nova proposta para pagar o Piso, principal item da greve dos educadores da capital. A única mudança na proposta é pagar o retroativo dos aposentados, relativo ao Piso de 2017, em 4 parcelas, de setembro a dezembro deste ano. Ou seja, a Prefeitura ainda propõe pagar o Piso 2018 em junho e o retroativo em 12 vezes, em 2019.

Na ocasião, o SINTE, acompanhado pela sua assessoria jurídica, externou ao Desembargador mediador da audiência que tinha feito uma contraproposta na semana passada, mas que essa foi desconsiderada pelo município.

A audiência tratou de 5 pontos: Correção do Piso Salarial 2018, pagamento do retroativo do Piso 2017 dos aposentados, pagamento de direitos funcionais, retomar a discussão acerca dos planos de carreira e o retroativo do Piso 2018.

O SINTE sugeriu ao Desembargador que fosse marcada uma nova audiência de conciliação para esta quarta (02/05). Entretanto, o Desembargador não acatou a proposta. 

NATAL

Educadores de Natal se reúnem em mais uma assembleia de greve

91

3 May 2018

Os educadores de Natal, em greve desde 21 de março, vão se reunir em mais uma assembleia para avaliar o movimento grevista da categoria. A assembleia acontecerá nesta sexta-feira, 04 de maio, a partir das 8h30, na ASSEN.

Os profissionais da educação de Natal estão em greve há mais de um mês exigindo a correção de 6,81% do Piso Salarial 2018, melhores condições de trabalho, reformas nas escolas e CMEIs, pagamento de direitos negados, pagamento do retroativo do Piso 2017 para os aposentados, entre outras demandas. A pauta de reivindicações tem 37 pontos.

EDUCADORES DE NATAL REJEITARAM O PARCELAMENTO PARA 2019 DO RETROATIVO DO PISO 2018; PROPOSTA É CONSIDERADA INACEITÁVEL

Os educadores de Natal já rejeitaram a proposta do Prefeito Alvaro Dias de parcelar em 12 vezes, em 2019, o retroativo do Piso 2018. A proposta do Executivo municipal, apresentada em audiência com o SINTE no dia 27 de abril, ainda sugere pagar a correção de 6,81% do Piso em junho deste ano. A proposta é considerada pela categoria como “inaceitável”.

Na semana passada o SINTE fez uma proposta ao Prefeito, por meio de ofício, acerca do pagamento do Piso. No documento, o Sindicato pediu que a correção fosse paga de forma integral no mês maio, para ativos e aposentados. O retroativo relativo aos meses de janeiro a abril, segundo a defesa do Sindicato, deveria ser implementado em junho, julho, agosto e setembro.

AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO ENTRE O SINTE/RN E O MUNICÍPIO NÃO TROUXE RESULTADOS

A audiência entre o SINTE/RN e o município de Natal, que aconteceu na última segunda (30), não trouxe avanço para as negociações. Isso porque a Secretária de Educação Justina Iva, representando o município, não apresentou uma nova proposta para pagar o Piso, principal item da greve dos educadores da capital. A única mudança na proposta é pagar o retroativo dos aposentados, relativo ao Piso de 2017, em 4 parcelas, de setembro a dezembro deste ano. Ou seja, a Prefeitura ainda propõe pagar o Piso 2018 em junho e o retroativo em 12 vezes, em 2019.

Na ocasião, o SINTE, acompanhado pela sua assessoria jurídica, externou ao Desembargador mediador da audiência que tinha feito uma contraproposta na semana passada, mas que essa foi desconsiderada pelo município.

A audiência tratou de 5 pontos: Correção do Piso Salarial 2018, pagamento do retroativo do Piso 2017 dos aposentados, pagamento de direitos funcionais, retomar a discussão acerca dos planos de carreira e o retroativo do Piso 2018.

O SINTE sugeriu ao Desembargador que fosse marcada uma nova audiência de conciliação para esta quarta (02/05). Entretanto, o Desembargador não acatou a proposta. 

Agenda

Newsletter