Notícias

REDE ESTADUAL

Fórum dos Servidores apresenta contraproposta em audiência com Governadora

1.386

9 Jan 2019

O SINTERN e demais sindicatos que compõem o Fórum Estadual dos Servidores não aceitaram a proposta apresentada pelo governo para regularizar os salários do funcionalismo. Nessa terça-feira (09/01), os sindicatos se reuniram com o Gabinete Civil do governo para apresentar a contraproposta dos servidores.  São cinco os itens. Veja:

1 – Que seja pago imediatamente o restante do 13° salário de 2017 aos servidores/as aposentados/as e pensionistas, em um montante de cerca de R$ 40 milhões;

2 – Que no dia 14/01 seja concluído o pagamento do restante dos salários relativos a novembro de 2018 e iniciado o pagamento do 13° de 2018 aos servidores/as que ganham até R$ 4 mil;

3 – Que até o fim de janeiro, com a entrada de recursos antecipatórios e os ordinários, possa dar continuidade e conclusão do 13° de 2018;

4 – Que no mês de fevereiro, siga-se a sequência temporal, em que o próximo pagamento seja o salário de dezembro de 2018, para só após, a medida da possibilidade financeira, possam ser pagas as remunerações relativas ao exercício de 2019;

5 – Que os pagamentos dos aposentados/as e pensionistas ocorram na mesma data dos servidores ativos, respeitando-se a isonomia.

O SINTE/RN deixou claro que não vai abrir mão dos direitos da categoria e que está pronto para organizar a educação para o enfrentamento, caso não haja avanço nas negociações. No entanto, a coordenadora geral do Sindicato, professora Fátima Cardoso, registrou mudança no tratamento do governo para com os representantes dos servidores: “Antes, tínhamos que reunir a categoria em um protesto para sermos recebidos. Agora, fomos recebidos pelo Chefe de gabinete, sem mesmo marcar audiência e logo depois a própria Governadora, abriu um espaço na sua agenda para nos ouvir. O que esperamos é que esse tratamento respeitoso e diferenciado se transforme em ação governamental positiva para os servidores”, avaliou Fátima Cardoso.

A governadora Fátima Bezerra ficou de apreciar a proposta do Fórum dos Servidores com a sua equipe econômica.  Ainda nesta quarta (09) haverá nova reunião com a Casa Civil.

REDE ESTADUAL

Fórum dos Servidores apresenta contraproposta em audiência com Governadora

1.386

9 Jan 2019

O SINTERN e demais sindicatos que compõem o Fórum Estadual dos Servidores não aceitaram a proposta apresentada pelo governo para regularizar os salários do funcionalismo. Nessa terça-feira (09/01), os sindicatos se reuniram com o Gabinete Civil do governo para apresentar a contraproposta dos servidores.  São cinco os itens. Veja:

1 – Que seja pago imediatamente o restante do 13° salário de 2017 aos servidores/as aposentados/as e pensionistas, em um montante de cerca de R$ 40 milhões;

2 – Que no dia 14/01 seja concluído o pagamento do restante dos salários relativos a novembro de 2018 e iniciado o pagamento do 13° de 2018 aos servidores/as que ganham até R$ 4 mil;

3 – Que até o fim de janeiro, com a entrada de recursos antecipatórios e os ordinários, possa dar continuidade e conclusão do 13° de 2018;

4 – Que no mês de fevereiro, siga-se a sequência temporal, em que o próximo pagamento seja o salário de dezembro de 2018, para só após, a medida da possibilidade financeira, possam ser pagas as remunerações relativas ao exercício de 2019;

5 – Que os pagamentos dos aposentados/as e pensionistas ocorram na mesma data dos servidores ativos, respeitando-se a isonomia.

O SINTE/RN deixou claro que não vai abrir mão dos direitos da categoria e que está pronto para organizar a educação para o enfrentamento, caso não haja avanço nas negociações. No entanto, a coordenadora geral do Sindicato, professora Fátima Cardoso, registrou mudança no tratamento do governo para com os representantes dos servidores: “Antes, tínhamos que reunir a categoria em um protesto para sermos recebidos. Agora, fomos recebidos pelo Chefe de gabinete, sem mesmo marcar audiência e logo depois a própria Governadora, abriu um espaço na sua agenda para nos ouvir. O que esperamos é que esse tratamento respeitoso e diferenciado se transforme em ação governamental positiva para os servidores”, avaliou Fátima Cardoso.

A governadora Fátima Bezerra ficou de apreciar a proposta do Fórum dos Servidores com a sua equipe econômica.  Ainda nesta quarta (09) haverá nova reunião com a Casa Civil.

Agenda

Newsletter