Notícias

PAGAMENTO

Governo paga 1/3 de férias com atraso e falhas

3.521

4 Feb 2016

Depois de uma longa novela, repleta de desorganização, atrasos, contracheques publicados com valores incorretos, informações desencontradas, bem como uma intensa cobrança por parte do SINTE/RN, finalmente os trabalhadores em educação estão recebendo os valores respectivos ao terço de férias.

De acordo com as informações recebidas pela direção do Sindicato, o 1/3 de férias começou a ser creditado nas contas desde a manhã desta quinta-feira (4). Contudo, até o fechamento desta matéria, muitos trabalhadores se queixavam que ainda não haviam recebido seus direitos.

O coordenador geral do SINTE/RN, professor Rômulo Arnaud, criticou a postura do governo e afirmou que os servidores merecem e exigem respeito: “Nós lamentamos a desorganização e o desencontro de informações por parte do governo. Porém, vale salientar que o SINTE fez sua parte, cobrando e pressionando o governo. Vamos manter esta postura e utilizar os instrumentos de pressão possíveis, inclusive a greve se preciso for”.

Rômulo esclarece que o SINTE ou qualquer sindicato não tem poder para determinar que gestão alguma tome medida A ou B: “A atribuição de um sindicato é cobrar, mobilizar, organizar, informar e acionar a justiça se for necessário. É assim que se faz a luta”. Ele disse que a direção do SINTE estava atenta, preparada para tomar as medidas cabíveis caso o governo descumprisse o que havia prometido a categoria.

Rômulo também lembrou que o governo segue descumprindo a Constituição Estadual ao mudar o dia de pagamento dos salários do funcionalismo para o 5º dia útil de cada mês. “Lembramos que o artigo 28 da nossa Constituição diz que os salários do funcionalismo estadual têm que ser pagos até o último dia útil do mês”.

Por fim, o coordenador reafirmou que o Sindicato está tentando uma audiência com o Secretário Estadual de Administração, para cobrar o pagamento dos salários em dia e exigir que o governo publique um calendário de pagamento.

 

PAGAMENTO

Governo paga 1/3 de férias com atraso e falhas

3.521

4 Feb 2016

Depois de uma longa novela, repleta de desorganização, atrasos, contracheques publicados com valores incorretos, informações desencontradas, bem como uma intensa cobrança por parte do SINTE/RN, finalmente os trabalhadores em educação estão recebendo os valores respectivos ao terço de férias.

De acordo com as informações recebidas pela direção do Sindicato, o 1/3 de férias começou a ser creditado nas contas desde a manhã desta quinta-feira (4). Contudo, até o fechamento desta matéria, muitos trabalhadores se queixavam que ainda não haviam recebido seus direitos.

O coordenador geral do SINTE/RN, professor Rômulo Arnaud, criticou a postura do governo e afirmou que os servidores merecem e exigem respeito: “Nós lamentamos a desorganização e o desencontro de informações por parte do governo. Porém, vale salientar que o SINTE fez sua parte, cobrando e pressionando o governo. Vamos manter esta postura e utilizar os instrumentos de pressão possíveis, inclusive a greve se preciso for”.

Rômulo esclarece que o SINTE ou qualquer sindicato não tem poder para determinar que gestão alguma tome medida A ou B: “A atribuição de um sindicato é cobrar, mobilizar, organizar, informar e acionar a justiça se for necessário. É assim que se faz a luta”. Ele disse que a direção do SINTE estava atenta, preparada para tomar as medidas cabíveis caso o governo descumprisse o que havia prometido a categoria.

Rômulo também lembrou que o governo segue descumprindo a Constituição Estadual ao mudar o dia de pagamento dos salários do funcionalismo para o 5º dia útil de cada mês. “Lembramos que o artigo 28 da nossa Constituição diz que os salários do funcionalismo estadual têm que ser pagos até o último dia útil do mês”.

Por fim, o coordenador reafirmou que o Sindicato está tentando uma audiência com o Secretário Estadual de Administração, para cobrar o pagamento dos salários em dia e exigir que o governo publique um calendário de pagamento.

 

Agenda

Newsletter