Notícias

GREVE NACIONAL

Trabalhadores em educação do RN paralisam atividades e participam da Greve Geral

181

29 Apr 2017

Créditos: Lenilton Lima

Mais de 70 mil trabalhadores/as, segundo os organizadores da marcha unificada, tomaram às ruas de Natal na tarde desta sexta-feira (28/04), dia de Greve Geral em todo o Brasil. Munidos de cartazes e bandeiras, os manifestantes protestaram contra as reformas previdenciária, trabalhista, educacional e a ampliação da terceirização.

Atendendo ao chamado do SINTE/RN e a deliberação da última assembleia, milhares de trabalhadores/as em educação do RN estiveram presentes na marcha, que começou em frente ao shopping Midway. O roteiro da caminhada, que previa percorrer a Salgado Filho até a Praça do Conjunto Mirassol, foi modificado. Os manifestantes marcharam da Avenida Hermes da Fonseca até à Praça Pedro Velho, em Petrópolis. Foram cerca de 3 quilômetros. (Veja todas as fotos da marcha AQUI).

Estudantes, movimentos sociais e centrais sindicais também participaram do ato, que ainda pediu a saída de Michel Temer da Presidência da República. Após a caminhada, uma multidão foi até a frente do prédio onde mora o deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN), que é o relator da Reforma Trabalhista. Lá, fizeram um escracho contra o parlamentar.

A coordenadora geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso, disse que as manifestações e paralisações que aconteceram nesta sexta (28) em todo o país demonstram que o povo brasileiro é sim contrário as reformas propostas pelo governo Temer: “A Greve Geral que aconteceu hoje (28/04) reforça a luta do povo brasileiro contra as reformas previdenciária, trabalhista, educacional e a terceirização. O povo não quer essas reformas. E nós não vamos nos calar diante dessa tentativa de retirar os direitos da classe trabalhadora”.

José Teixeira, professor e coordenador geral do SINTE/RN, também exaltou o engajamento da classe trabalhadora: “A luta não para e não pode parar! Temos que continuar unificados e certos de que vamos barrar esses retrocessos que o senhor Michel Temer está querendo impor ao trabalhador brasileiro”.

18217553_10206915842733435_553235967_n

18191098_10206915841773411_2102538029_n

18191244_10206915808892589_1725274946_n

18216923_10206915860973891_1974607417_n

TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO TAMBÉM SE MOBILIZARAM NO INTERIOR DO RN

Os/as trabalhadores/as em educação dos municípios do interior do Estado também se mobilizaram. Em Mossoró, as atividades começaram pela manhã. Um ato público foi realizado em frente à Petrobrás. Em seguida, no Largo da Igreja São João, a Regional do SINTE promoveu uma assembleia pública.

À tarde houve caminhada, que partiu do largo da Igreja do alto de São Manuel até a Praça Rodolfo Fernandes, “Praça do Pax”, no Centro, onde ocorreu um ato público de encerramento do Dia Nacional de Greve Geral Unificada.

GREVE NACIONAL

Trabalhadores em educação do RN paralisam atividades e participam da Greve Geral

181

29 Apr 2017

Créditos: Lenilton Lima

Mais de 70 mil trabalhadores/as, segundo os organizadores da marcha unificada, tomaram às ruas de Natal na tarde desta sexta-feira (28/04), dia de Greve Geral em todo o Brasil. Munidos de cartazes e bandeiras, os manifestantes protestaram contra as reformas previdenciária, trabalhista, educacional e a ampliação da terceirização.

Atendendo ao chamado do SINTE/RN e a deliberação da última assembleia, milhares de trabalhadores/as em educação do RN estiveram presentes na marcha, que começou em frente ao shopping Midway. O roteiro da caminhada, que previa percorrer a Salgado Filho até a Praça do Conjunto Mirassol, foi modificado. Os manifestantes marcharam da Avenida Hermes da Fonseca até à Praça Pedro Velho, em Petrópolis. Foram cerca de 3 quilômetros. (Veja todas as fotos da marcha AQUI).

Estudantes, movimentos sociais e centrais sindicais também participaram do ato, que ainda pediu a saída de Michel Temer da Presidência da República. Após a caminhada, uma multidão foi até a frente do prédio onde mora o deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN), que é o relator da Reforma Trabalhista. Lá, fizeram um escracho contra o parlamentar.

A coordenadora geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso, disse que as manifestações e paralisações que aconteceram nesta sexta (28) em todo o país demonstram que o povo brasileiro é sim contrário as reformas propostas pelo governo Temer: “A Greve Geral que aconteceu hoje (28/04) reforça a luta do povo brasileiro contra as reformas previdenciária, trabalhista, educacional e a terceirização. O povo não quer essas reformas. E nós não vamos nos calar diante dessa tentativa de retirar os direitos da classe trabalhadora”.

José Teixeira, professor e coordenador geral do SINTE/RN, também exaltou o engajamento da classe trabalhadora: “A luta não para e não pode parar! Temos que continuar unificados e certos de que vamos barrar esses retrocessos que o senhor Michel Temer está querendo impor ao trabalhador brasileiro”.

18217553_10206915842733435_553235967_n

18191098_10206915841773411_2102538029_n

18191244_10206915808892589_1725274946_n

18216923_10206915860973891_1974607417_n

TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO TAMBÉM SE MOBILIZARAM NO INTERIOR DO RN

Os/as trabalhadores/as em educação dos municípios do interior do Estado também se mobilizaram. Em Mossoró, as atividades começaram pela manhã. Um ato público foi realizado em frente à Petrobrás. Em seguida, no Largo da Igreja São João, a Regional do SINTE promoveu uma assembleia pública.

À tarde houve caminhada, que partiu do largo da Igreja do alto de São Manuel até a Praça Rodolfo Fernandes, “Praça do Pax”, no Centro, onde ocorreu um ato público de encerramento do Dia Nacional de Greve Geral Unificada.

Agenda

Newsletter