Notícias

NATAL

SINTE repudia atitude da SME que corta até 100% da bolsa-auxílio dos estagiários

17 Jun 2020

Os estagiários da Rede Municipal de Ensino do Natal terão corte integral do auxílio transporte e uma redução de 75% do valor da bolsa-auxílio. Com isso, deixam de receber a bolsa no valor de R$ R$ 720,00 para ganhar apenas 180,00 reais. A informação é da Secretaria Municipal de Educação (SME) e o motivo seria a suspensão das aulas no Município em decorrência da Covid-19. Mas, o SINTE/RN alerta que a redução da bolsa pode ser ainda maior e muitos estagiários podem ficar sem receber qualquer valor, uma vez que o pagamento dos 25% restantes será efetuado apenas mediante comprovação de que o estagiário realizou cursos de qualificação específicos e com a carga horária mínima de 25h a 30h.

Para o Sindicato, a atitude da SME reflete a falta de sensibilidade e empatia da Gestão Municipal com a sociedade, com os estagiários e com a Educação, especialmente nesse momento de pandemia e crise econômica, que tem levado ao aumento do desemprego, maior endividamento das famílias e tensão na saúde pública. Sobre isso, o Sindicato lembra que o valor recebido da bolsa costuma ser utilizado pelos estagiários para o pagamento da formação universitária e de despesas domésticas e familiares.

O SINTE valoriza o trabalho dos estagiários da educação e ressalta que muitos deles atuam como auxiliares junto aos alunos com necessidades educacionais especiais, desempenhando uma função de extrema importância nas escolas. Diante da medida adotada pela SME, o SINTE oferece todo apoio e solidariedade aos estagiários e defende o pagamento integral do valor da bolsa auxílio.

NATAL

SINTE repudia atitude da SME que corta até 100% da bolsa-auxílio dos estagiários

17 Jun 2020

Os estagiários da Rede Municipal de Ensino do Natal terão corte integral do auxílio transporte e uma redução de 75% do valor da bolsa-auxílio. Com isso, deixam de receber a bolsa no valor de R$ R$ 720,00 para ganhar apenas 180,00 reais. A informação é da Secretaria Municipal de Educação (SME) e o motivo seria a suspensão das aulas no Município em decorrência da Covid-19. Mas, o SINTE/RN alerta que a redução da bolsa pode ser ainda maior e muitos estagiários podem ficar sem receber qualquer valor, uma vez que o pagamento dos 25% restantes será efetuado apenas mediante comprovação de que o estagiário realizou cursos de qualificação específicos e com a carga horária mínima de 25h a 30h.

Para o Sindicato, a atitude da SME reflete a falta de sensibilidade e empatia da Gestão Municipal com a sociedade, com os estagiários e com a Educação, especialmente nesse momento de pandemia e crise econômica, que tem levado ao aumento do desemprego, maior endividamento das famílias e tensão na saúde pública. Sobre isso, o Sindicato lembra que o valor recebido da bolsa costuma ser utilizado pelos estagiários para o pagamento da formação universitária e de despesas domésticas e familiares.

O SINTE valoriza o trabalho dos estagiários da educação e ressalta que muitos deles atuam como auxiliares junto aos alunos com necessidades educacionais especiais, desempenhando uma função de extrema importância nas escolas. Diante da medida adotada pela SME, o SINTE oferece todo apoio e solidariedade aos estagiários e defende o pagamento integral do valor da bolsa auxílio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agenda

Newsletter