Notícias

GREVE

Assembleia unificada aprova continuidade das greves da educação de Natal e do Estado

793

4 Apr 2018

Créditos: Lenilton Lima

As greves da Rede Estadual e Rede Municipal de Natal continuam. É o que foi decidido pelos profissionais da educação em assembleia unificada nesta quarta-feira (04). O impasse continua porque tanto Governo como Prefeitura não apresentaram propostas satisfatórias e que obedeçam a lei, para pagar o Piso Salarial 2018, principal ponto do movimento grevista. (Veja AQUI as fotos da assembleia)

GOVERNO SE MOSTRA IRREDUTÍVEL

O Governo não apresentou nenhuma proposta para pôr fim à greve dos trabalhadores em educação da Rede Estadual, iniciada em 22 de março, na audiência que aconteceu na última segunda-feira (02).

O Subsecretário de Educação, Marino Azevedo, e a Secretária Adjunta de Educação, Mônica Guimarães, apenas disseram que o governo iria responder a pauta, que contém 54 itens, através de documento a ser enviado ao SINTE/RN. O Sindicato lamentou a falta de proposta para levar a categoria.

Além da falta de proposta, o governo judicializou a greve. Porém, foi derrotado. Isso porque o desembargador Glauber Rêgo negou a liminar impetrada pelo governo Robinson Faria, que pedia a ilegalidade da greve. O Desembargador agendou uma audiência de conciliação, entre o SINTE/RN e o Governo, para o dia 11 de abril.

O SINTE/RN, através da sua assessoria jurídica, já está contestando junto a Justiça o pedido de ilegalidade da greve que foi feito pelo Governo. Na contestação, o SINTE aponta os motivos da greve da categoria, bem como explica que o Governo descumpriu a Lei do Piso Salarial ao não fazer a devida correção.

Uma nova assembleia da Rede Estadual acontece dia 13 de abril, às 8h30, no Winston Churchill.

PROPOSTA DA PREFEITURA SERÁ ANALISADA DIA 09/04, EM ASSEMBLEIA

O SINTE/RN se reuniu, na manhã desta quarta-feira (04), com o prefeito de Natal Carlos Eduardo e a secretária de educação Justina Iva para debater a pauta de reivindicações dos educadores da capital, em greve desde 21 de março. Ao mesmo tempo um ato foi realizado pelos educadores da capital, em frente à Prefeitura, sob um forte sol.

Na ocasião, o prefeito propôs pagar o Piso Salarial 2018 a partir de junho, mas sem o retroativo relativo ao período que compreende entre janeiro e maio deste ano. O SINTE/RN considerou a proposta ruim, mas informou que vai levar para a categoria apreciar em assembleia. A proposta, que já foi informada aos educadores na assembleia desta quarta (04/04), será analisada em assembleia na segunda-feira (09), às 8h, na ASSEN.

ASSEMBLEIA UNIFICADA DESTA QUARTA (04) APROVOU ENCAMINHAMENTOS

Além de ratificar a continuidade das greves, a assembleia aprovou os encaminhamentos apresentados pelo SINTE/RN. Os encaminhamentos são:

PROGRAMAÇÃO DOS COMANDOS DE GREVE

1-    Retorno as escolas para conversar com os pais e alunos

2-    Visitar as escolas nos blocos, contemplando as quatro zonas de Natal

3-    Reunião do comando de greve

4-    Atividade com alunos e profissionais da escola Francisco Ivo

5-    Assembleia em Mossoró

6-    Assembleia em São Paulo do Potengi

7-    Ato em Felipe Camarão

8 –  Visita as escolas Salete Bila e Emanuel Bezerra

9 –   Continuar as visitas em escolas que a categoria informar para o SINTE/RN

10 – Assembleia em Açu, Nova Cruz, Santa Cruz e demais regionais

AÇÕES PREVISTAS

1- Dia 05/04 – Ato Unificado no Kennedy, às 8h

2- Dia 05/04-  Ato no Parque dos Coqueiros – Concentração na E. E. Ana Júlia, às 14h30

3 – Dia 06/04- Ato Unificado na praça do cruzeiro, em Ponta Negra, às 8h

4 – Dia 06/04- Reunião do Comando geral de greve, no SINTE , às 14h30

5 – Dia 09/04 – Assembleia de Natal, às 8h, na ASSEN e apitaço na SME

6- Reunião do comando de greve zona oeste

7- Dia 10/04 – Ato Unificado, concentração às 7h, na Escola Bernardo Nascimento, em Felipe Camarão

8 – Dia 11/04 – Assembleia de deflagração do Processo eleitoral do SINTE/RN, às 9h, na ASSEN

10 – Dia 13/04 – Assembleia da Rede Estadual, às 8h30, no Winston Churchill

GREVE

Assembleia unificada aprova continuidade das greves da educação de Natal e do Estado

793

4 Apr 2018

Créditos: Lenilton Lima

As greves da Rede Estadual e Rede Municipal de Natal continuam. É o que foi decidido pelos profissionais da educação em assembleia unificada nesta quarta-feira (04). O impasse continua porque tanto Governo como Prefeitura não apresentaram propostas satisfatórias e que obedeçam a lei, para pagar o Piso Salarial 2018, principal ponto do movimento grevista. (Veja AQUI as fotos da assembleia)

GOVERNO SE MOSTRA IRREDUTÍVEL

O Governo não apresentou nenhuma proposta para pôr fim à greve dos trabalhadores em educação da Rede Estadual, iniciada em 22 de março, na audiência que aconteceu na última segunda-feira (02).

O Subsecretário de Educação, Marino Azevedo, e a Secretária Adjunta de Educação, Mônica Guimarães, apenas disseram que o governo iria responder a pauta, que contém 54 itens, através de documento a ser enviado ao SINTE/RN. O Sindicato lamentou a falta de proposta para levar a categoria.

Além da falta de proposta, o governo judicializou a greve. Porém, foi derrotado. Isso porque o desembargador Glauber Rêgo negou a liminar impetrada pelo governo Robinson Faria, que pedia a ilegalidade da greve. O Desembargador agendou uma audiência de conciliação, entre o SINTE/RN e o Governo, para o dia 11 de abril.

O SINTE/RN, através da sua assessoria jurídica, já está contestando junto a Justiça o pedido de ilegalidade da greve que foi feito pelo Governo. Na contestação, o SINTE aponta os motivos da greve da categoria, bem como explica que o Governo descumpriu a Lei do Piso Salarial ao não fazer a devida correção.

Uma nova assembleia da Rede Estadual acontece dia 13 de abril, às 8h30, no Winston Churchill.

PROPOSTA DA PREFEITURA SERÁ ANALISADA DIA 09/04, EM ASSEMBLEIA

O SINTE/RN se reuniu, na manhã desta quarta-feira (04), com o prefeito de Natal Carlos Eduardo e a secretária de educação Justina Iva para debater a pauta de reivindicações dos educadores da capital, em greve desde 21 de março. Ao mesmo tempo um ato foi realizado pelos educadores da capital, em frente à Prefeitura, sob um forte sol.

Na ocasião, o prefeito propôs pagar o Piso Salarial 2018 a partir de junho, mas sem o retroativo relativo ao período que compreende entre janeiro e maio deste ano. O SINTE/RN considerou a proposta ruim, mas informou que vai levar para a categoria apreciar em assembleia. A proposta, que já foi informada aos educadores na assembleia desta quarta (04/04), será analisada em assembleia na segunda-feira (09), às 8h, na ASSEN.

ASSEMBLEIA UNIFICADA DESTA QUARTA (04) APROVOU ENCAMINHAMENTOS

Além de ratificar a continuidade das greves, a assembleia aprovou os encaminhamentos apresentados pelo SINTE/RN. Os encaminhamentos são:

PROGRAMAÇÃO DOS COMANDOS DE GREVE

1-    Retorno as escolas para conversar com os pais e alunos

2-    Visitar as escolas nos blocos, contemplando as quatro zonas de Natal

3-    Reunião do comando de greve

4-    Atividade com alunos e profissionais da escola Francisco Ivo

5-    Assembleia em Mossoró

6-    Assembleia em São Paulo do Potengi

7-    Ato em Felipe Camarão

8 –  Visita as escolas Salete Bila e Emanuel Bezerra

9 –   Continuar as visitas em escolas que a categoria informar para o SINTE/RN

10 – Assembleia em Açu, Nova Cruz, Santa Cruz e demais regionais

AÇÕES PREVISTAS

1- Dia 05/04 – Ato Unificado no Kennedy, às 8h

2- Dia 05/04-  Ato no Parque dos Coqueiros – Concentração na E. E. Ana Júlia, às 14h30

3 – Dia 06/04- Ato Unificado na praça do cruzeiro, em Ponta Negra, às 8h

4 – Dia 06/04- Reunião do Comando geral de greve, no SINTE , às 14h30

5 – Dia 09/04 – Assembleia de Natal, às 8h, na ASSEN e apitaço na SME

6- Reunião do comando de greve zona oeste

7- Dia 10/04 – Ato Unificado, concentração às 7h, na Escola Bernardo Nascimento, em Felipe Camarão

8 – Dia 11/04 – Assembleia de deflagração do Processo eleitoral do SINTE/RN, às 9h, na ASSEN

10 – Dia 13/04 – Assembleia da Rede Estadual, às 8h30, no Winston Churchill

Agenda

Newsletter