Notícias

NATAL

Denúncia: SME quer reduzir número de estagiários e colocar um estagiário volante em cada CMEI

190

22 Dec 2016

Em 2017 a Secretaria Municipal de Educação de Natal pretende retirar os estagiários dos CMEIs e colocar apenas um estagiário volante em cada unidade. A denúncia foi feita por educadores infantis a direção do SINTE/RN. Atualmente os Centros Municipais de Educação Infantil têm um educador infantil e um estagiário em cada sala, cuidando dos alunos. Se a medida for aplicada, cada educador infantil terá que trabalhar sozinho em sala e as unidades de ensino contarão com um estagiário volante.

A diretora de organização da educação infantil do SINTE/RN, professora Gidália Andrade, afirma que a secretaria quer reduzir custos e submeter os educadores infantis e estagiários a uma maior carga de trabalho: “Um único educador não tem condições de ficar sozinho dentro de uma sala trabalhando com 15 ou 20 crianças pequenas. As crianças necessitam de apoio constante, como por exemplo para fazer suas necessidades. Como o educador poderá sair da sala se estiver sozinho?”, questiona.

Gidália denuncia que a medida anunciada pela SME, se aplicada, desrespeitará o que está posto no Plano Municipal de Educação: “O Plano Municipal determina que no nível II cada sala deve ter no máximo até 15 crianças por adulto. Entretanto, temos informações que a SME autorizou as matrículas ultrapassando este número. O que é mais grave, com um único estagiário para todo CMEI. Isto é um absurdo, não iremos permitir este desmonte que a SME quer fazer. É desumano para o educador e o estagiário”.

A diretora avisa que o SINTE está atento e vai tomar providências a fim de evitar que a SME descumpra o Plano Municipal de Educação.

NATAL

Denúncia: SME quer reduzir número de estagiários e colocar um estagiário volante em cada CMEI

190

22 Dec 2016

Em 2017 a Secretaria Municipal de Educação de Natal pretende retirar os estagiários dos CMEIs e colocar apenas um estagiário volante em cada unidade. A denúncia foi feita por educadores infantis a direção do SINTE/RN. Atualmente os Centros Municipais de Educação Infantil têm um educador infantil e um estagiário em cada sala, cuidando dos alunos. Se a medida for aplicada, cada educador infantil terá que trabalhar sozinho em sala e as unidades de ensino contarão com um estagiário volante.

A diretora de organização da educação infantil do SINTE/RN, professora Gidália Andrade, afirma que a secretaria quer reduzir custos e submeter os educadores infantis e estagiários a uma maior carga de trabalho: “Um único educador não tem condições de ficar sozinho dentro de uma sala trabalhando com 15 ou 20 crianças pequenas. As crianças necessitam de apoio constante, como por exemplo para fazer suas necessidades. Como o educador poderá sair da sala se estiver sozinho?”, questiona.

Gidália denuncia que a medida anunciada pela SME, se aplicada, desrespeitará o que está posto no Plano Municipal de Educação: “O Plano Municipal determina que no nível II cada sala deve ter no máximo até 15 crianças por adulto. Entretanto, temos informações que a SME autorizou as matrículas ultrapassando este número. O que é mais grave, com um único estagiário para todo CMEI. Isto é um absurdo, não iremos permitir este desmonte que a SME quer fazer. É desumano para o educador e o estagiário”.

A diretora avisa que o SINTE está atento e vai tomar providências a fim de evitar que a SME descumpra o Plano Municipal de Educação.

Agenda

Newsletter