Notícias

NATAL

Educadores/as de Natal protestam em frente à Prefeitura, mas são ignorados por Prefeito

203

11 Nov 2019

Os educadores da Rede Municipal de Natal, liderados pela direção do SINTE/RN, protestaram em frente à Prefeitura durante a tarde desta segunda-feira (11) contra o travamento da pauta da categoria. Entretanto, o prefeito Álvaro Dias ignorou o ato e não recebeu ninguém, tampouco agendou audiência. Apenas uma comitiva composta por dirigentes do Sindicato foi recebida por um funcionário da Prefeitura, que não deu respostas aos questionamentos da entidade.

Desde o início de 2019 o SINTE/RN tenta dialogar com o município. Contudo, vem sendo reiteradas vezes ignorado, seja em audiências que não são marcadas ou quando acontecem trazem resultado negativo, frustrando os professores. Apesar disso, o Sindicato vem mobilizando a categoria. Ao menos três paradas de advertência foram realizadas, uma em abril, outra em maio e a terceira em agosto. Mas nada sensibilizou a Prefeitura e a SME (Secretaria Municipal de Educação).

Até o momento cerca de 40 itens já integram a pauta dos professores. O pagamento dos 10% do acordo firmado em 2013 e os passivos dos pisos salariais de 2017 e 2018 são os pontos de mais destaque. Diante do quadro atual, conforme discutido em mais de uma assembleia, existe a possibilidade de o ano letivo de 2020 não ser iniciado. Até lá o SINTE e os educadores seguirão tentando dialogar com o município.

NATAL

Educadores/as de Natal protestam em frente à Prefeitura, mas são ignorados por Prefeito

203

11 Nov 2019

Os educadores da Rede Municipal de Natal, liderados pela direção do SINTE/RN, protestaram em frente à Prefeitura durante a tarde desta segunda-feira (11) contra o travamento da pauta da categoria. Entretanto, o prefeito Álvaro Dias ignorou o ato e não recebeu ninguém, tampouco agendou audiência. Apenas uma comitiva composta por dirigentes do Sindicato foi recebida por um funcionário da Prefeitura, que não deu respostas aos questionamentos da entidade.

Desde o início de 2019 o SINTE/RN tenta dialogar com o município. Contudo, vem sendo reiteradas vezes ignorado, seja em audiências que não são marcadas ou quando acontecem trazem resultado negativo, frustrando os professores. Apesar disso, o Sindicato vem mobilizando a categoria. Ao menos três paradas de advertência foram realizadas, uma em abril, outra em maio e a terceira em agosto. Mas nada sensibilizou a Prefeitura e a SME (Secretaria Municipal de Educação).

Até o momento cerca de 40 itens já integram a pauta dos professores. O pagamento dos 10% do acordo firmado em 2013 e os passivos dos pisos salariais de 2017 e 2018 são os pontos de mais destaque. Diante do quadro atual, conforme discutido em mais de uma assembleia, existe a possibilidade de o ano letivo de 2020 não ser iniciado. Até lá o SINTE e os educadores seguirão tentando dialogar com o município.

Agenda

Newsletter