Notícias

FUNCIONÁRIOS

Governo promete dar respostas a pauta dos funcionários em 30 dias e SINTE/RN convoca reunião

1.553

22 Aug 2019

Aguardar 30 dias. Esse foi o prazo estabelecido pelo governo do Estado para dar respostas a pauta dos funcionários apresentada pela direção do SINTE/RN. A promessa foi feita nesta quarta-feira (21) em audiência realizada nas dependências da SEEC e que contou com a participação de uma comissão composta por funcionários da educação.

Audiência realizada na tarde desta quarta-feira (21)

Na ocasião, o Sindicato pôs na mesa propostas que visam melhorar o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos funcionários e, por consequência, valorizar estes profissionais. Ao todo, 4 emendas foram elencadas. As proposições entregues ao Executivo foram construídas em uma parceria entre o SINTE/RN e os funcionários da educação durante assembleia realizada no dia 15 de julho. São elas:

1 – Resgatar a Tabela salarial defasada desde a data de sua criação, que é julho de 2010;

2 – Prever um reajuste anual a exemplo da Lei do Piso para o Magistério, para que o salário do funcionário da administração direta não venha novamente a ser achatado pelo salário mínimo;

3 – Abrir o enquadramento para os funcionários da administração direta que ainda não aderiram ao PCCR, com sugestão de que o servidor possa aderir ao Plano a qualquer tempo;

4 – Alterar a tabela salarial, em especial o artigo 24, reduzindo os atuais 14 níveis remuneratórios para 10 níveis.

SINTE/RN convoca funcionários da educação para debater o andamento das negociações com governo em reunião nesta segunda (26)

O SINTE/RN está chamando os funcionários da educação oriundos das escolas, SEEC e Direcs para debater em reunião o resultado das negociações da pauta do segmento com o governo. O encontro está marcado para esta segunda-feira (26), às 14h, no Auditório Angélica Moura, na Secretaria Estadual de Educação, no Centro Administrativo de Natal.

Divulgação

Na ocasião, o Sindicato também vai dialogar com os profissionais acerca dos alvarás relativos ações ganhas pelo SINTE/RN e pautar os encaminhamentos dos próximos passos da luta.

Jornada de luta em defesa de melhorias no PCCR foi intensificada nos meses de julho e agosto

Em julho e agosto o SINTE/RN intensificou o processo de luta em prol de melhorias no PCCR dos funcionários do funcionalismo estadual.

No dia 15 de julho, o Sindicato reuniu os funcionários da educação em assembleia no auditório da SEEC. Lá, a categoria discutiu e deliberou propor emendas ao Plano, bem como participar de atividades dentro de um calendário de luta. Já no dia 24/07 a direção do SINTE sentou-se com sua assessoria jurídica e finalizou as emendas sugeridas na assembleia dos funcionários.

Em seguida, desta vez em 29 de julho, um ato foi realizado em frente a Secretaria Estadual de Educação. Quatro emendas foram protocoladas nas secretarias de educação, administração e planejamento e no Gabinete Civil e entregues ao governo do Estado. A luta garantiu o agendamento de uma audiência com o Executivo para 12 de agosto, mas remarcada para esta quarta 21/08.  

Em 13 de agosto, conforme deliberado em assembleia, os funcionários aderiram a parada estadual em defesa do funcionalismo e a parada nacional contra a Reforma da Previdência e os cortes na educação.

Assembleia dos funcionários ocorrida no dia 15 de julho

Protocolo e entrega das emendas ao PCCR em ato realizado em 29 de julho

Ato no Centro Administrativo alusivo a parada estadual de 13 de agosto

 

FUNCIONÁRIOS

Governo promete dar respostas a pauta dos funcionários em 30 dias e SINTE/RN convoca reunião

1.553

22 Aug 2019

Aguardar 30 dias. Esse foi o prazo estabelecido pelo governo do Estado para dar respostas a pauta dos funcionários apresentada pela direção do SINTE/RN. A promessa foi feita nesta quarta-feira (21) em audiência realizada nas dependências da SEEC e que contou com a participação de uma comissão composta por funcionários da educação.

Audiência realizada na tarde desta quarta-feira (21)

Na ocasião, o Sindicato pôs na mesa propostas que visam melhorar o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos funcionários e, por consequência, valorizar estes profissionais. Ao todo, 4 emendas foram elencadas. As proposições entregues ao Executivo foram construídas em uma parceria entre o SINTE/RN e os funcionários da educação durante assembleia realizada no dia 15 de julho. São elas:

1 – Resgatar a Tabela salarial defasada desde a data de sua criação, que é julho de 2010;

2 – Prever um reajuste anual a exemplo da Lei do Piso para o Magistério, para que o salário do funcionário da administração direta não venha novamente a ser achatado pelo salário mínimo;

3 – Abrir o enquadramento para os funcionários da administração direta que ainda não aderiram ao PCCR, com sugestão de que o servidor possa aderir ao Plano a qualquer tempo;

4 – Alterar a tabela salarial, em especial o artigo 24, reduzindo os atuais 14 níveis remuneratórios para 10 níveis.

SINTE/RN convoca funcionários da educação para debater o andamento das negociações com governo em reunião nesta segunda (26)

O SINTE/RN está chamando os funcionários da educação oriundos das escolas, SEEC e Direcs para debater em reunião o resultado das negociações da pauta do segmento com o governo. O encontro está marcado para esta segunda-feira (26), às 14h, no Auditório Angélica Moura, na Secretaria Estadual de Educação, no Centro Administrativo de Natal.

Divulgação

Na ocasião, o Sindicato também vai dialogar com os profissionais acerca dos alvarás relativos ações ganhas pelo SINTE/RN e pautar os encaminhamentos dos próximos passos da luta.

Jornada de luta em defesa de melhorias no PCCR foi intensificada nos meses de julho e agosto

Em julho e agosto o SINTE/RN intensificou o processo de luta em prol de melhorias no PCCR dos funcionários do funcionalismo estadual.

No dia 15 de julho, o Sindicato reuniu os funcionários da educação em assembleia no auditório da SEEC. Lá, a categoria discutiu e deliberou propor emendas ao Plano, bem como participar de atividades dentro de um calendário de luta. Já no dia 24/07 a direção do SINTE sentou-se com sua assessoria jurídica e finalizou as emendas sugeridas na assembleia dos funcionários.

Em seguida, desta vez em 29 de julho, um ato foi realizado em frente a Secretaria Estadual de Educação. Quatro emendas foram protocoladas nas secretarias de educação, administração e planejamento e no Gabinete Civil e entregues ao governo do Estado. A luta garantiu o agendamento de uma audiência com o Executivo para 12 de agosto, mas remarcada para esta quarta 21/08.  

Em 13 de agosto, conforme deliberado em assembleia, os funcionários aderiram a parada estadual em defesa do funcionalismo e a parada nacional contra a Reforma da Previdência e os cortes na educação.

Assembleia dos funcionários ocorrida no dia 15 de julho

Protocolo e entrega das emendas ao PCCR em ato realizado em 29 de julho

Ato no Centro Administrativo alusivo a parada estadual de 13 de agosto

 

Agenda

Newsletter