Notícias

REDE ESTADUAL

Greve da Rede Estadual será avaliada pela categoria em Assembleia na segunda-feira (09)

1.081

5 Mar 2020

Os trabalhadores em educação da Rede Estadual de Ensino vão se reunir em Assembleia nesta segunda-feira (09) para avaliar a greve da categoria. O encontro está agendado para às 8h30, no Winston Churchill.

Em greve desde esta quinta (05), os profissionais deliberaram paralisar as atividades por tempo indeterminado para aumentar a pressão sobre o Executivo em busca do pagamento do Piso Salarial deste ano.

Eles cobram a correção de 12,84% e estão descontentes com as propostas apresentadas pelo Governo. Primeiro o Executivo propôs quitar o Piso em três vezes de 4,28% nos meses de maio de 2020, janeiro de 2021 e em abril do ano que vem, sem falar em retroativo. Depois sugeriu pagar a correção em 2020 tanto para ativos quanto aposentados, mas não apontava datas. Em seguida sugeriu a terceira proposta, que é a seguinte:

1- Implantar o reajuste de 12,84% em três parcelas cumulativas de 4,11%, para os ativos nos meses de junho, setembro e dezembro de 2020.

2 – Implantar o reajuste para os aposentados nos meses de agosto, outubro e dezembro de 2020.

3 – Pagar o retroativo em 24 meses a partir de janeiro de 2021, com garantia de antecipação das parcelas no momento do recebimento de recursos extras do Fundeb.

4 – O governo disse que está aberto a receber alterações na proposta, mas pediu que sejam enviadas até 12 de março para análise e negociação.

Contraproposta será apresentada ao Governo

Conforme deliberado em assembleia, O SINTE/RN buscará apresentar ao Executivo uma contraproposta definida pelos trabalhadores. Nela, os profissionais exigem que os 12,84% sejam quitados integralmente agora em março e o retroativo pago três vezes, para ativos e aposentados.

REDE ESTADUAL

Greve da Rede Estadual será avaliada pela categoria em Assembleia na segunda-feira (09)

1.081

5 Mar 2020

Os trabalhadores em educação da Rede Estadual de Ensino vão se reunir em Assembleia nesta segunda-feira (09) para avaliar a greve da categoria. O encontro está agendado para às 8h30, no Winston Churchill.

Em greve desde esta quinta (05), os profissionais deliberaram paralisar as atividades por tempo indeterminado para aumentar a pressão sobre o Executivo em busca do pagamento do Piso Salarial deste ano.

Eles cobram a correção de 12,84% e estão descontentes com as propostas apresentadas pelo Governo. Primeiro o Executivo propôs quitar o Piso em três vezes de 4,28% nos meses de maio de 2020, janeiro de 2021 e em abril do ano que vem, sem falar em retroativo. Depois sugeriu pagar a correção em 2020 tanto para ativos quanto aposentados, mas não apontava datas. Em seguida sugeriu a terceira proposta, que é a seguinte:

1- Implantar o reajuste de 12,84% em três parcelas cumulativas de 4,11%, para os ativos nos meses de junho, setembro e dezembro de 2020.

2 – Implantar o reajuste para os aposentados nos meses de agosto, outubro e dezembro de 2020.

3 – Pagar o retroativo em 24 meses a partir de janeiro de 2021, com garantia de antecipação das parcelas no momento do recebimento de recursos extras do Fundeb.

4 – O governo disse que está aberto a receber alterações na proposta, mas pediu que sejam enviadas até 12 de março para análise e negociação.

Contraproposta será apresentada ao Governo

Conforme deliberado em assembleia, O SINTE/RN buscará apresentar ao Executivo uma contraproposta definida pelos trabalhadores. Nela, os profissionais exigem que os 12,84% sejam quitados integralmente agora em março e o retroativo pago três vezes, para ativos e aposentados.

Agenda

Newsletter