Notícias

NACIONAL

SINTE repudia declarações de Bolsonaro sobre novo coronavírus

181

25 Mar 2020

O SINTE/RN repudia as recentes declarações do presidente, Jair Bolsonaro, que minimizam os efeitos da pandemia do Covid-19 e criticam o fechamento de escolas e do comércio. O Sindicato adverte que esse é um discurso perigoso, que coloca em risco a saúde e a vida dos brasileiros.

Escolas abertas são espaços de aglomeração que favorecem a disseminação do vírus entre crianças, professores, funcionários e seus familiares. Um estudante contaminado leva o vírus para casa, colocando em risco pessoas portadoras de doenças crônicas e idosos.

Atualmente, há registros de mais de 450 mil casos do novo coronavírus confirmados no mundo e quase 21 mil óbitos*. O isolamento social é nossa melhor alternativa contra a disseminação da doença e o colapso da saúde pública.

Vivemos tempos atípicos e sem precedentes. Para o SINTE, todas as vidas importam e a saúde deve ser prioridade. Por isso, diante da gravidade do momento e guiado por orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Sindicato apela para que os potiguares fiquem em casa.

Seguimos firmes na defesa dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras e cientes de que a economia vai se recuperar.

*Dados de 25/03.

NACIONAL

SINTE repudia declarações de Bolsonaro sobre novo coronavírus

181

25 Mar 2020

O SINTE/RN repudia as recentes declarações do presidente, Jair Bolsonaro, que minimizam os efeitos da pandemia do Covid-19 e criticam o fechamento de escolas e do comércio. O Sindicato adverte que esse é um discurso perigoso, que coloca em risco a saúde e a vida dos brasileiros.

Escolas abertas são espaços de aglomeração que favorecem a disseminação do vírus entre crianças, professores, funcionários e seus familiares. Um estudante contaminado leva o vírus para casa, colocando em risco pessoas portadoras de doenças crônicas e idosos.

Atualmente, há registros de mais de 450 mil casos do novo coronavírus confirmados no mundo e quase 21 mil óbitos*. O isolamento social é nossa melhor alternativa contra a disseminação da doença e o colapso da saúde pública.

Vivemos tempos atípicos e sem precedentes. Para o SINTE, todas as vidas importam e a saúde deve ser prioridade. Por isso, diante da gravidade do momento e guiado por orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Sindicato apela para que os potiguares fiquem em casa.

Seguimos firmes na defesa dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras e cientes de que a economia vai se recuperar.

*Dados de 25/03.

Agenda

Newsletter