Notícias

GREVE

Trabalhadores em educação enfrentam chuva e realizam protesto na Zona Norte de Natal

440

28 Mar 2018

Créditos: Lenilton Lima

Apesar da chuva que cai desde as primeiras horas desta quarta-feira (28), os trabalhadores em educação das redes Estadual e Municipal de Natal, em greve desde a semana passada, realizaram um protesto durante à tarde na Zona Norte da capital. O protesto aconteceu na Avenida Itapetinga, bairro Potengi, reunindo professores, funcionários, alunos e pais de estudantes. Cada um tinha um recado, colocado em faixas, cartazes e bandeiras, destinado ao governador Robinson Faria e o prefeito Carlos Eduardo. “Greve sim! O prefeito quis assim!”, dizia uma das mensagens. “Quem não respeita a educação não merece reeleição” bradava um cartaz segurado por um estudante.

(Veja AQUI todas as fotos da caminhada)

A atividade pautou a greve dos profissionais da educação, que tem como reivindicação a correção do Piso Salarial 2018, melhores condições de trabalho, reformas nas escolas, pagamento em dia dos aposentados e pagamento de direitos negados há anos pelo Prefeito e Governador. Os educadores exigiram respeito e denunciaram a sociedade os problemas que enfrentam todos os dias nas escolas. Falta material, merenda, professores e os prédios das escolas estão em condições precárias. Por sua vez os estudantes afirmaram que o calor é um dos maiores problemas, uma vez que faltam ventiladores e aparelhos de ar condicionado nas salas de aula.

O coordenador geral do SINTE/RN, professor José Teixeira, considerou o ato vitorioso, sobretudo por ter sido feito sob chuva: “A categoria demonstrou, mais uma vez, sua força e indignação diante do atual quadro de abandono da educação de Natal e do RN. Portanto, da luta não vamos nos retirar. Esperamos que os gestores se sensibilizem e negociem com a categoria”.

DIA 02 DE ABRIL TEM ASSEMBLEIA DA REDE ESTADUAL

Os trabalhadores em educação da Rede Estadual de ensino, em greve desde o dia 22 de março, vão se reunir em assembleia da categoria para discutir sobre o movimento. A assembleia de greve acontece dia 02 de abril (segunda-feira), a partir das 8h, em frente à Secretaria Estadual de Educação, no Centro Administrativo de Natal.

ASSEMBLEIA UNIFICADA VAI PAUTAR AÇÕES CONJUNTAS

Deliberar ações conjuntas para articular e unificar as greves da educação estadual e da capital. É com este objetivo que o SINTE/RN vai realizar, no dia 04 de abril (quarta-feira), uma assembleia unificada das redes Estadual e Municipal de Natal. A assembleia acontece a partir das 14h30, na Escola Estadual Winston Churchill, no Centro de Natal.

SINTE VAI PROMOVER UMA REUNIÃO COM APOSENTADOS

A diretoria do SINTE/RN está convocando os trabalhadores em educação aposentados para mais uma reunião voltada para o segmento. A reunião acontece no dia 05 de abril (quinta-feira), às 14h, no auditório da sede estadual do SINTE. Em pauta a luta e incorporação na greve dos educadores da ativa das redes estadual e municipal de Natal.

 

 

 

 

GREVE

Trabalhadores em educação enfrentam chuva e realizam protesto na Zona Norte de Natal

440

28 Mar 2018

Créditos: Lenilton Lima

Apesar da chuva que cai desde as primeiras horas desta quarta-feira (28), os trabalhadores em educação das redes Estadual e Municipal de Natal, em greve desde a semana passada, realizaram um protesto durante à tarde na Zona Norte da capital. O protesto aconteceu na Avenida Itapetinga, bairro Potengi, reunindo professores, funcionários, alunos e pais de estudantes. Cada um tinha um recado, colocado em faixas, cartazes e bandeiras, destinado ao governador Robinson Faria e o prefeito Carlos Eduardo. “Greve sim! O prefeito quis assim!”, dizia uma das mensagens. “Quem não respeita a educação não merece reeleição” bradava um cartaz segurado por um estudante.

(Veja AQUI todas as fotos da caminhada)

A atividade pautou a greve dos profissionais da educação, que tem como reivindicação a correção do Piso Salarial 2018, melhores condições de trabalho, reformas nas escolas, pagamento em dia dos aposentados e pagamento de direitos negados há anos pelo Prefeito e Governador. Os educadores exigiram respeito e denunciaram a sociedade os problemas que enfrentam todos os dias nas escolas. Falta material, merenda, professores e os prédios das escolas estão em condições precárias. Por sua vez os estudantes afirmaram que o calor é um dos maiores problemas, uma vez que faltam ventiladores e aparelhos de ar condicionado nas salas de aula.

O coordenador geral do SINTE/RN, professor José Teixeira, considerou o ato vitorioso, sobretudo por ter sido feito sob chuva: “A categoria demonstrou, mais uma vez, sua força e indignação diante do atual quadro de abandono da educação de Natal e do RN. Portanto, da luta não vamos nos retirar. Esperamos que os gestores se sensibilizem e negociem com a categoria”.

DIA 02 DE ABRIL TEM ASSEMBLEIA DA REDE ESTADUAL

Os trabalhadores em educação da Rede Estadual de ensino, em greve desde o dia 22 de março, vão se reunir em assembleia da categoria para discutir sobre o movimento. A assembleia de greve acontece dia 02 de abril (segunda-feira), a partir das 8h, em frente à Secretaria Estadual de Educação, no Centro Administrativo de Natal.

ASSEMBLEIA UNIFICADA VAI PAUTAR AÇÕES CONJUNTAS

Deliberar ações conjuntas para articular e unificar as greves da educação estadual e da capital. É com este objetivo que o SINTE/RN vai realizar, no dia 04 de abril (quarta-feira), uma assembleia unificada das redes Estadual e Municipal de Natal. A assembleia acontece a partir das 14h30, na Escola Estadual Winston Churchill, no Centro de Natal.

SINTE VAI PROMOVER UMA REUNIÃO COM APOSENTADOS

A diretoria do SINTE/RN está convocando os trabalhadores em educação aposentados para mais uma reunião voltada para o segmento. A reunião acontece no dia 05 de abril (quinta-feira), às 14h, no auditório da sede estadual do SINTE. Em pauta a luta e incorporação na greve dos educadores da ativa das redes estadual e municipal de Natal.

 

 

 

 

Agenda

Newsletter