Notícias

PISO SALARIAL

Pres. da Câmara quer aprovar nesta quarta (29) projeto que reduz o reajuste do Piso Salarial

28 Jul 2020

Créditos: CNTE

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), quer aprovar nesta quarta-feira (29) um projeto que reduzirá o reajuste do Piso Salarial do Magistério. O PL 3.776/2008 propõe alterar o 5º artigo da Lei do Piso Salarial (11.738/2008). Com isso, o reajuste deixará de ser feito com base no Custo Aluno para usar o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), ou seja, a inflação anual oficial do Governo Federal.

Em entrevista concedida no dia 07 de julho, Rodrigo Maia falava em avançar com a PEC do Fundeb Permanente e desengavetar o projeto que propõe mudar o fator de correção do Piso. Assista AQUI a fala do parlamentar.

Se a proposta for aprovada, os professores vão amargar uma drástica redução salarial. De acordo com o site Dever de Classe, se este método estivesse sendo utilizado o índice do Piso 2020 seria de 4,31%, que foi a inflação de 2019, bem abaixo dos 12,84% aplicados pelo Ministério da Educação. Um levantamento demonstra que desde 2010, quando a Lei do Piso passou a vigorar, o Custo Aluno foi superior ao INPC. Confira abaixo a tabela produzida pelo Dever de Classe, comparando os índices do Custo Aluno e INPC entre 2010 e 2020:

PRESSÃO SOBRE OS/AS DEPUTADOS

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) iniciou nesta terça-feira (28) a campanha #ValorizeOPisoDoMagistério. Pela manhã foi realizado um tuitaço e ao longo de todo o dia os/as profissionais da educação devem enviar mensagens aos/as deputados/as federais via e-mail e whats pedindo que o projeto seja retirado da pauta. Também deve solicitar que os/as parlamentares conversem com a categoria, através da CNTE, acerca de formas para valorizar os/as trabalhadores/as educação.

Você pode enviar e-mails para todos/as os/as deputados/as do RN de uma só vez clicando AQUI.

PISO SALARIAL

Pres. da Câmara quer aprovar nesta quarta (29) projeto que reduz o reajuste do Piso Salarial

28 Jul 2020

Créditos: CNTE

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), quer aprovar nesta quarta-feira (29) um projeto que reduzirá o reajuste do Piso Salarial do Magistério. O PL 3.776/2008 propõe alterar o 5º artigo da Lei do Piso Salarial (11.738/2008). Com isso, o reajuste deixará de ser feito com base no Custo Aluno para usar o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), ou seja, a inflação anual oficial do Governo Federal.

Em entrevista concedida no dia 07 de julho, Rodrigo Maia falava em avançar com a PEC do Fundeb Permanente e desengavetar o projeto que propõe mudar o fator de correção do Piso. Assista AQUI a fala do parlamentar.

Se a proposta for aprovada, os professores vão amargar uma drástica redução salarial. De acordo com o site Dever de Classe, se este método estivesse sendo utilizado o índice do Piso 2020 seria de 4,31%, que foi a inflação de 2019, bem abaixo dos 12,84% aplicados pelo Ministério da Educação. Um levantamento demonstra que desde 2010, quando a Lei do Piso passou a vigorar, o Custo Aluno foi superior ao INPC. Confira abaixo a tabela produzida pelo Dever de Classe, comparando os índices do Custo Aluno e INPC entre 2010 e 2020:

PRESSÃO SOBRE OS/AS DEPUTADOS

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) iniciou nesta terça-feira (28) a campanha #ValorizeOPisoDoMagistério. Pela manhã foi realizado um tuitaço e ao longo de todo o dia os/as profissionais da educação devem enviar mensagens aos/as deputados/as federais via e-mail e whats pedindo que o projeto seja retirado da pauta. Também deve solicitar que os/as parlamentares conversem com a categoria, através da CNTE, acerca de formas para valorizar os/as trabalhadores/as educação.

Você pode enviar e-mails para todos/as os/as deputados/as do RN de uma só vez clicando AQUI.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Agenda

Newsletter