Notícias

PROTESTO

Professores dão deslike em massa em programa de jornalista que caluniou categoria

27 Jun 2020

Os professores da Rede Estadual e das redes municipais se uniram para protestar virtualmente contra Gustavo Negreiros, jornalista que atacou a categoria. Nesta sexta-feira (26) os profissionais deram deslike em massa no programa de rádio veiculado na internet, o Jornal das Seis, da 96 FM, que o tem como participante. Ao todo, foram dadas mais de 1.100 descurtidas, que na linguagem da internet significa demonstrar não gostar de determinada coisa ou alguém.

A revolta dos professores começou na quinta, 25 de junho, quando Gustavo divulgou em seu blog o texto “Professores do estado felizes”. Ele afirmou: “Os professores do estado estão achando ótimo a pandemia! Ganham sem trabalhar. Não tem alunos chatos para cuidar, aulas para ministrar, provas para corrigir, nada planejamento. O paraíso. A secretaria de educação virou um pardieiro.”

O SINTE/RN saiu em defesa da categoria e mostrou que o blogueiro acumulou, entre dezembro de 2012 e novembro de 2018, segundo dados do Portal da Transparência do RN, o montante de R$ 281.869,53 em salários do Governo do Estado. “Os professores do Estado, que sempre trabalharam duro recebendo baixos salários e amargando negação de direitos e péssimas condições de trabalho, querem saber: para ser merecedor de quantia tão vultosa, quantas horas de trabalho o jornalista deu para o Estado? Quais foram e qual a relevância dos serviços prestados? Batia ponto ou só batia pernas?”, questionou o Sindicato. (Leia o texto na íntegra AQUI).

PROFESSORES FAZEM CAMPANHA VIRTUAL PARA PEDIR QUE PATROCINADORES DEIXEM DE ANUNCIAR NO BLOG DO GUSTAVO NEGREIROS

Os professores estão promovendo uma campanha virtual para pedir que as marcas e prefeituras que patrocinam o Blog do Gustavo Negreiros encerrem a parceria. Apontam o hábito que o jornalista tem de publicar mentiras e atacar pessoas ou instituições sem ter qualquer embasamento, apenas achismo.

Para quem não se lembra, Gustavo Negreiros ficou conhecido nacionalmente em setembro de 2019 quando atacou a ativista ambiental Greta Thunberg, à época com apenas 16 anos. Afirmou que ela precisava “de um homem e de sexo”, além de maconha, “um baseadozinho”. Esta fala foi repudiada por muitos setores da sociedade potiguar e do Brasil, inclusive os professores. Os protestos feitos naquele momento renderam o afastamento do jornalista de um programa de TV e outro de rádio, bem como a retirada de patrocínios do seu blog. No entanto, após o episódio ser esquecido ele voltou a atuar normalmente e a seguir a linha que mistura um jornalismo vazio, raivoso e distante da ética.

PROTESTO

Professores dão deslike em massa em programa de jornalista que caluniou categoria

27 Jun 2020

Os professores da Rede Estadual e das redes municipais se uniram para protestar virtualmente contra Gustavo Negreiros, jornalista que atacou a categoria. Nesta sexta-feira (26) os profissionais deram deslike em massa no programa de rádio veiculado na internet, o Jornal das Seis, da 96 FM, que o tem como participante. Ao todo, foram dadas mais de 1.100 descurtidas, que na linguagem da internet significa demonstrar não gostar de determinada coisa ou alguém.

A revolta dos professores começou na quinta, 25 de junho, quando Gustavo divulgou em seu blog o texto “Professores do estado felizes”. Ele afirmou: “Os professores do estado estão achando ótimo a pandemia! Ganham sem trabalhar. Não tem alunos chatos para cuidar, aulas para ministrar, provas para corrigir, nada planejamento. O paraíso. A secretaria de educação virou um pardieiro.”

O SINTE/RN saiu em defesa da categoria e mostrou que o blogueiro acumulou, entre dezembro de 2012 e novembro de 2018, segundo dados do Portal da Transparência do RN, o montante de R$ 281.869,53 em salários do Governo do Estado. “Os professores do Estado, que sempre trabalharam duro recebendo baixos salários e amargando negação de direitos e péssimas condições de trabalho, querem saber: para ser merecedor de quantia tão vultosa, quantas horas de trabalho o jornalista deu para o Estado? Quais foram e qual a relevância dos serviços prestados? Batia ponto ou só batia pernas?”, questionou o Sindicato. (Leia o texto na íntegra AQUI).

PROFESSORES FAZEM CAMPANHA VIRTUAL PARA PEDIR QUE PATROCINADORES DEIXEM DE ANUNCIAR NO BLOG DO GUSTAVO NEGREIROS

Os professores estão promovendo uma campanha virtual para pedir que as marcas e prefeituras que patrocinam o Blog do Gustavo Negreiros encerrem a parceria. Apontam o hábito que o jornalista tem de publicar mentiras e atacar pessoas ou instituições sem ter qualquer embasamento, apenas achismo.

Para quem não se lembra, Gustavo Negreiros ficou conhecido nacionalmente em setembro de 2019 quando atacou a ativista ambiental Greta Thunberg, à época com apenas 16 anos. Afirmou que ela precisava “de um homem e de sexo”, além de maconha, “um baseadozinho”. Esta fala foi repudiada por muitos setores da sociedade potiguar e do Brasil, inclusive os professores. Os protestos feitos naquele momento renderam o afastamento do jornalista de um programa de TV e outro de rádio, bem como a retirada de patrocínios do seu blog. No entanto, após o episódio ser esquecido ele voltou a atuar normalmente e a seguir a linha que mistura um jornalismo vazio, raivoso e distante da ética.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agenda

Newsletter