Notícias

FUNCIONÁRIOS

SINTE/RN dá continuidade a mobilização de funcionários em busca de melhorias no PCCR

457

27 Aug 2019

O SINTE/RN segue o processo de mobilização dos funcionários intensificado em julho com o objetivo de buscar melhorias no PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração) do segmento. O Sindicato voltou a reunir os funcionários da educação nesta terça-feira (26) para tratar do resultado da audiência do SINTE com a SEEC que aconteceu semana passada e em que se tratou das cinco emendas ao Plano entregues ao Executivo. (Saiba os detalhes da audiência AQUI). Mais que isso, a reunião pautou a necessidade de a categoria seguir unida para pressionar o governo e arrancar as melhorias necessárias para a carreira.

A diretora de organização dos funcionários da educação do SINTE/RN, Ana Lucélia, enfatizou a importância do engajamento de todos e que o Sindicato não atua sem a participação dos seus representados: “A hora agora é da gente se engajar na luta! Então, vamos participar. Venham lutar conosco, nós precisamos de vocês”.

Já a diretora de administração e finanças do SINTE/RN, professora Vera Messias, alerta que os funcionários necessitam buscar fazer valer o seu direito de lutar por melhorias da sua carreira: “Os funcionários não precisam pegar ordem de direção (da escola) para participar das atividades. Porque os mesmos direitos que os professores possuem de participar de assembleias e reuniões os funcionários têm”.

Por sua vez, a coordenadora geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso, pede que os funcionários busquem se inteirar das pautas que o Sindicato leva quando visita as escolas: “Quando a gente chegar nas escolas, deem mais atenção para que essa atenção seja convertida em informações e mobilizações rumo a vitória da nossa luta”.

A sindicalista convida os funcionários a ficar atentos aos veículos de Comunicação do Sindicato e aos chamados: “Fique atento. Assista toda sexta-feira o nosso programa ao vivo no Facebook e YouTube às 15h. Veja também o Extra Classe TV aos domingos, às 10h, na TV Ponta Negra”.

Jornada de luta em defesa de melhorias no PCCR foi intensificada nos meses de julho e agosto

A partir de julho o SINTE/RN intensificou o processo de luta em prol de melhorias no PCCR dos funcionários do funcionalismo estadual. No dia 15 de julho, o Sindicato reuniu os funcionários da educação em assembleia no auditório da SEEC. Lá, a categoria discutiu e deliberou propor emendas ao Plano, bem como participar de atividades dentro de um calendário de luta. Já no dia 24/07 a direção do SINTE sentou-se com sua assessoria jurídica e finalizou as emendas sugeridas na assembleia dos funcionários.

Em seguida, desta vez em 29 de julho, um ato foi realizado em frente a Secretaria Estadual de Educação. Cinco emendas foram protocoladas nas secretarias de educação, administração e planejamento e no Gabinete Civil e entregues ao governo do Estado. A luta garantiu o agendamento de uma audiência com o Executivo para 12 de agosto, mas remarcada para 21/08.  

Em 13 de agosto, conforme deliberado em assembleia, os funcionários aderiram a parada estadual em defesa do funcionalismo e a parada nacional contra a Reforma da Previdência e os cortes na educação.

FUNCIONÁRIOS

SINTE/RN dá continuidade a mobilização de funcionários em busca de melhorias no PCCR

457

27 Aug 2019

O SINTE/RN segue o processo de mobilização dos funcionários intensificado em julho com o objetivo de buscar melhorias no PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração) do segmento. O Sindicato voltou a reunir os funcionários da educação nesta terça-feira (26) para tratar do resultado da audiência do SINTE com a SEEC que aconteceu semana passada e em que se tratou das cinco emendas ao Plano entregues ao Executivo. (Saiba os detalhes da audiência AQUI). Mais que isso, a reunião pautou a necessidade de a categoria seguir unida para pressionar o governo e arrancar as melhorias necessárias para a carreira.

A diretora de organização dos funcionários da educação do SINTE/RN, Ana Lucélia, enfatizou a importância do engajamento de todos e que o Sindicato não atua sem a participação dos seus representados: “A hora agora é da gente se engajar na luta! Então, vamos participar. Venham lutar conosco, nós precisamos de vocês”.

Já a diretora de administração e finanças do SINTE/RN, professora Vera Messias, alerta que os funcionários necessitam buscar fazer valer o seu direito de lutar por melhorias da sua carreira: “Os funcionários não precisam pegar ordem de direção (da escola) para participar das atividades. Porque os mesmos direitos que os professores possuem de participar de assembleias e reuniões os funcionários têm”.

Por sua vez, a coordenadora geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso, pede que os funcionários busquem se inteirar das pautas que o Sindicato leva quando visita as escolas: “Quando a gente chegar nas escolas, deem mais atenção para que essa atenção seja convertida em informações e mobilizações rumo a vitória da nossa luta”.

A sindicalista convida os funcionários a ficar atentos aos veículos de Comunicação do Sindicato e aos chamados: “Fique atento. Assista toda sexta-feira o nosso programa ao vivo no Facebook e YouTube às 15h. Veja também o Extra Classe TV aos domingos, às 10h, na TV Ponta Negra”.

Jornada de luta em defesa de melhorias no PCCR foi intensificada nos meses de julho e agosto

A partir de julho o SINTE/RN intensificou o processo de luta em prol de melhorias no PCCR dos funcionários do funcionalismo estadual. No dia 15 de julho, o Sindicato reuniu os funcionários da educação em assembleia no auditório da SEEC. Lá, a categoria discutiu e deliberou propor emendas ao Plano, bem como participar de atividades dentro de um calendário de luta. Já no dia 24/07 a direção do SINTE sentou-se com sua assessoria jurídica e finalizou as emendas sugeridas na assembleia dos funcionários.

Em seguida, desta vez em 29 de julho, um ato foi realizado em frente a Secretaria Estadual de Educação. Cinco emendas foram protocoladas nas secretarias de educação, administração e planejamento e no Gabinete Civil e entregues ao governo do Estado. A luta garantiu o agendamento de uma audiência com o Executivo para 12 de agosto, mas remarcada para 21/08.  

Em 13 de agosto, conforme deliberado em assembleia, os funcionários aderiram a parada estadual em defesa do funcionalismo e a parada nacional contra a Reforma da Previdência e os cortes na educação.

Agenda

Newsletter